RESUMÃO de Game of Thrones – Sétima Temporada

O Inverno Chegou

Walder Frey reúne todos os homens de sua Casa para um banquete. Ele propõe um brinde pelas vitórias recentes. Após o brinde, todos bebem de suas taças, menos ele. Começa então a citar os Stark mortos, mas diz que nem todos morreram. Os homens começam a cair mortos, envenenados. Arya se revela e diz à esposa de Frey, poupada, que diga a todos que o inverno chegou para a Casa Frey.

No Norte, Meera e Bran chegam a Castle Black. Em Winterfell, Jon Snow e Sansa discutem numa reunião com os lordes sobre o destino dos Umber e dos Karstark. Mesmo com Sansa a favor de expulsá-los, Jon faz os herdeiros jurarem lealdade e os perdoa. Um bilhete de Cersei chega exigindo que vão até King’s Landing se ajoelhar diante dela.

Cersei e Jaime tem cada vez menos afinidade. Ela faz uma aliança com Euron Greyjoy, que quer se casar com ela. Ela recusa, por ora, mas ele diz que ela mudará de ideia quando ele trouxer um presente a ela. Cersei reúne os nobres para pedir apoio, Jaime consegue convencer Randyll Tarly. Qyburn mostra à rainha uma nova invenção – o Escorpião, um balestra gigante que pode matar dragões.

Na Citadela, Sam está curioso com relação a uma área restrita da biblioteca. Ele rouba as chaves de um meister e pesquisando lá, descobre que Dragonstone possui uma grande reserva de vidro de dragão. Mais tarde, um enfermo de um dos quartos estende o braço através de uma pequena janela, revelando ter escamagris. Ele pergunta se Daenerys já chegou a Westeros. Sam descobre que ele é Jorah Mormont. Mesmo com a proibição do arquimestre, Sam decide tratá-lo com uma técnica dita ineficaz.

Daenerys chega a Dragonstone. Ela questiona a lealdade de Varys, que promete servi-la. Melisandre chega e sugere que chamem Jon Snow para se tornar um aliado. Daenerys se reúne com Yara, Olenna e Ellaria para traçar os próximos movimentos. Fica decidido que Yara irá com a frota com Ellaria até Dorne para transportar os soldados de lá até King’s Landing e cercar a cidade, com o apoio do exército Tyrell. Os Imaculados são enviados a Casterly Rock para tomar a fortaleza.

Jon recebe o convite de Daenerys para ir a Dragonstone. Ele também recebe um bilhete de Sam com a informação do vidro de dragão. O rei do Norte decide ir até Daenerys, mesmo com a maioria dos nortenhos contra. Ele deixa o Norte sob o comando de Sansa.

Sandor Clegane e os outros chegam à fazenda onde ele esteve com Arya. Ele se depara com os cadáveres do homem e de sua filha, que foram roubados por ele. Thoros pede que ele olhe para o fogo na lareira; ele tem uma visão de uma montanha em forma de ponta de flecha e dos White Walkers atravessando a Muralha.

Arya está a caminho do Sul, em busca de vingança contra Cersei. No trajeto, ela reencontra Torta Quente na estalagem. Ela fica sabendo por ele que Jon está em Winterfell. Arya então decide voltar pra casa. Numa floresta, ela é cercada por lobos, que são afastados logo em seguida por Nymeria. Arya chama sua loba para ir com ela, mas Nymeria vai embora.

A frota dos Greyjoy é atacada pelos navios de Euron. Obara e Nymeria Sand são mortas. Ellaria e Tyene são capturadas. Euron domina Yara e a faz refém, Theon se acovarda e salta no mar.

Jon e Davos chegam a Dragonstone. Melisandre parte para Volantis. Numa longa conversa, Jon conta a eles sobre a ameaça dos White Walkers e que não quer se ajoelhar diante de Daenerys. Ela se irrita com ele e os dispensa assim que Varys chega à sala; ele a informa sobre o ataque. Theon é resgatado no mar por um navio Greyjoy sobrevivente.

Ellaria, Yara e Tyene são levados por Euron até Cersei. Esse é seu presente para ela. Ele vai embora levando Yara. Cersei prende as dornesas, acorrentadas frente a frente. Ela beija a filha com o batom com veneno, assim como Ellaria fez com Myrcella. Cersei diz que a mãe ficará presa para sempre e verá sua filha morrer e apodrecer. Um representante do Banco de Ferro vai a King’s Landing cobrá-la pela imensa dívida dos Lannister. Cersei pede quinze dias para quitá-la.

Bran chega a Winterfell. Ele conta a Sansa que agora é o Corvo de Três Olhos. Ele ganha a adaga que foi usada no seu atentado de Littlefinger. Meera se despede e fica desapontada com a frieza do jovem, mas ele diz que não é mais Bran Stark. Arya chega e reencontra os irmãos. Elas se surpreendem com o conhecimento de Bran. Ele dá a adaga a Arya.

Sam consegue curar Jorah e mostra ao arquimestre. Jorah deixa a Citadela. Sam acaba sendo perdoado. Gilly lê uma importante informação, mas Sam a ignora: um registro diz que Rhaegar Targaryen havia anulado seu casamento e se casado novamente no mesmo dia.

Jon fala com Tyrion sobre o vidro de dragão e ele consegue convencer sua rainha a permitir a mineração. A Mão de Daenerys conta a todos sobre uma entrada secreta em Casterly Rock. Os Imaculados a usam para tomar a fortaleza, mas encontram poucos soldados lá. É quando a frota de Euron chega e destrói os navios. Era tudo uma armadilha, pois o exército de fato dos Lannister está com os Tarly tomando Highgarden.

Jaime e Olenna conversam sobre a maldade de Cersei. Ele coloca veneno no vinho e dá a ela, prometendo que ela não sofrerá. Assim que bebe o vinho, Olenna confessa o assassinato de Joffrey e pede que ele conte a Cersei. Eles deixam Highgarden levando todo o ouro que possuíam.

Theon chega a Dragonstone. Jon mostra a Daenerys a caverna cheia de vidro de dragão, além de desenhos feitos pelos Filhos da Floresta, que mostram ilustrações de White Walkers. Em seguida, ela tem conhecimento dos ataques dos Lannister. Irada, ela decide usar os dragões em um ataque a King’s Landing, mas é desestimulada por Jon, que argumenta que assim ela agiria igual aos outros tiranos.

A caravana dos Lannister, comandada por Jaime, Tarly e Bronn é surpreendida por um ataque dos Dothraki, acompanhados de Daenerys montada em Drogon. Ao ver seus homens sendo massacrados, Jaime ordena que Bronn opere o Escorpião. Na segunda tentativa, ele consegue atingir o dragão, mas antes que consiga recarregar a arma, Drogon a destrói. O dragão pousa na beira de um rio, Daenerys desce e está tentando retirar a lança cravada nele quando Jaime a vê. Ele parte a galope em velocidade na direção dela. Drogon percebe sua aproximação e cospe fogo, mas antes que Jaime seja morto, Bronn se lança sobre ele e o derruba no rio.

Jaime e Bronn se salvam e fogem. Daenerys dá aos sobreviventes a opção de se ajoelharem diante dela. Randyll Tarly e seu filho se recusam. Drogon queima os dois vivos sob seu comando, sob os protestos de Tyrion. Ao encontrar Cersei, Jaime conta sobre a confissão de Olenna e sobre as poucas chances de vencer a guerra, depois de ver o estrago que apenas um dragão foi capaz de fazer.

Em Dragonstone, Daenerys acaba de voltar da batalha. Jon toca o dragão sem que ele manifeste hostilidade, o que surpreende a rainha. Jorah retorna. Tyrion é levado por Davos até King’s Landing, para se reunir secretamente com seu irmão. A ideia é levar um White Walker capturado que possa convencer Cersei da ameaça e propor uma trégua. Jaime diz que falará com ela. Enquanto isso, Davos reencontra Gendry e o rapaz aceita ir com ele prontamente.

Jaime fala com Cersei, que revela já saber do encontro. Ela pede que ele não a traia mais e que está grávida dele.

Bran tem uma visão do exército dos mortos através dos corvos. Ele ordena que todos os Sete Reinos sejam avisados da ameaça. Arya provoca Sansa sobre a impressão que tem de que ela quer ser a governante do Norte. Ela também está observando Littlefinger constantemente. Em frente ao quarto de Sansa, o Meister Wulkan entrega um bilhete a ele, que agradece seus serviços em nome de Lady Stark. Ele entra no quarto e sai logo em seguida. Arya entra logo depois e encontra o bilhete, uma mensagem de Sansa a Robb  de quando Ned fora preso, pedindo que ele se rendesse. Littlefinger observa a menina deixando o quarto.

Na Citadela, os meisters tratam o aviso de Bran com desdém. Sam, desapontado com a arrogância deles, decide partir rumo ao Norte com Gilly e o bebê.

Jon Snow, Davos, Gendry e Jorah chegam a Eastwatch e encontram Tormund. Lá estão presos Sandor, Thoros e Beric. Eles falam de seu “chamado” para ir até além da Muralha. Jon permite que eles se juntem ao grupo na caçada ao White Walker que servirá de prova para Cersei.

Ao enfrentarem uma nevasca, eles se deparam com um urso morto-vivo. Thoros é atacado e Beric usa sua espada flamejante para cauterizar a ferida. Pouco tempo depois, eles encontram um grupo de White Walkers. Quando Jon atinge o líder com a Longclaw e ele é destruído, os outros também caem inertes, com a exceção de um. Os homens se juntam e o amarram. Nisso, ouve-se o som de uma multidão avançando. Jon ordena que Gendry corra para Eastwatch e envie um corvo a Daenerys pedindo ajuda. Todos correm na direção de um lago congelado até alcançar um rochedo no centro. Com o peso, a multidão de White Walkers quebra o gelo, o que impede que avancem.

Arya mostra o bilhete a Sansa e elas discutem sobre a atitude dela. Sansa se defende dizendo que teve que fazer aquilo, enquanto Arya diz que sempre há uma opção e desconfia do caráter da irmã. Mais tarde, Sansa recebe convite para comparecer à reunião em King’s Landing. Ela envia Brienne em seu lugar.

Gendry chega a Eastwatch. O grupo de Jon permanece esperando ajuda, assim como os White Walkers esperam que a água congele novamente para que consigam avançar. Com o frio, Thoros acaba morrendo e Beric queima seu corpo. O Rei da Noite e outros cavaleiros os observam do alto de um morro.

Sansa vasculha as coisas de Arya e encontra faces numa bolsa. Arya pega a irmã em flagrante. Sansa a questiona; ela diz que passou por um treinamento e ameaça a irmã. Em outro momento, Littlefinger diz a Sansa que Arya provavelmente tentará se livrar dela para se tornar a Lady de Winterfell.

Assim que recebe a mensagem, Daenerys parte com os três dragões, mesmo com Tyrion falando do risco. Além da Muralha, a água congela e os White Walkers avançam. O grupo se defende como pode, mas, sem saída, o fim trágico é inevitável. Nisso, Daenerys chega e os dragões vão dizimando os mortos-vivos, derretendo o lago congelado e afundando as criaturas. Daenerys pousa e os homens vão subindo em Drogon, com Jon dando cobertura. O Rei da Noite pega uma lança de gelo e arremessa contra Viserion, ferindo o dragão mortalmente, que cai no lago. Com o Rei da Noite prestes a atacar novamente, Daenerys levanta voo e deixa Jon Snow para trás. Ele é agarrado e cai no lago. Drogon desvia do novo arremesso. Jon consegue sair, mas está com muito frio e diante de centenas de White Walkers. Então surge seu tio Benjen Stark, que o coloca em seu cavalo e fica para enfrentá-los até a morte.

Viserion e Rhaegal ainda estão voando procurando por Jon, mas Daenerys está quase desistindo. É quando Jon aparece, moribundo. Ele é resgatado e tratado; quando acorda, pede desculpas a Daenerys. Ela diz não estar arrependida e que eles enfrentarão esta ameaça juntos. Jon se refere a ela como “minha rainha”. Além da Muralha, Viserion é resgatado do fundo do lago por grandes correntes. O Rei da Noite o desperta.

Jon, Tyrion e os outros chegam a King’s Landing com o White Walker capturado. Eles se juntam a Cersei, Jaime e Euron no Fosso dos Dragões. Todos aguardam Daenerys, que chega com voando com os dragões. Depois de Euron, Tyrion, Cersei e Daenerys trocarem farpas, Sandor traz o White Walker preso em uma caixa. Assim que tomba a caixa já aberta, a criatura avança de maneira insana na direção de Cersei, que fica apavorada e só não é ferida porque o White Walker está preso por uma corrente. Ele se volta contra o Cão, que o parte ao meio com sua espada. A criatura continua a se mover e Jon usa fogo e vidro de dragão para mostrar como podem ser mortos.

Euron questiona se eles sabem nadar e Jon diz que não. O Greyjoy então deixa o local, desistindo da guerra e indo se esconder nas Ilhas de Ferro. Cersei aceita a trégua, desde que Jon se mantenha neutro quando a disputa pelo Trono de Ferro acontecer. Jon diz que isso não será possível, pois já tem uma rainha a quem servir. Sem acordo, Cersei deixa o Fosso. Tyrion decide ir sozinho até ela para negociar.

Cersei condena Tyrion pelo assassinato de seu pai e por tudo que a morte dele acarretou, como o destino de seus filhos. Tyrion diz que se ele é assim tão culpado, que ela dê a ordem a Montanha para executá-lo. Ela hesita, mas não o faz. Após falar em defender sua família, Tyrion deduz que ela está grávida.

No Fosso do Dragão, Daenerys se mostra contente com a lealdade de Jon. Tyrion retorna da conversa acompanhado de Cersei. Ela muda de ideia e não só aceita a trégua como diz que enviará soldados para lutar ao lado de Daenerys e do Norte. Entretanto, ela espera que seja reconhecida por este ato no futuro.

De volta a Dragonstone, Theon pede perdão a Jon e diz que precisa tentar resgatar a irmã. Ele consegue convencer os poucos homens que estão com ele depois de derrotar o capitão do navio em uma luta, pois não é mais visto como covarde.

Em Winterfell, Arya é chamada ao Grande Salão, onde estão Sansa, Bran, Littlefinger e alguns nobres. Arya para diante de uma mesa onde seus irmãos estão sentados. Sansa pergunta qual a defesa para as acusações de assassinato e traição, mas se vira para Littlefinger. Ela fala sobre a morte de Lysa e Jon Arryn e a conspiração envolvendo Catelyn para jogar os Stark contra os Lannister, que resultou na morte de Ned. Bran diz que sabe que a adaga era dele. Sem saída, Littlefinger chora e se ajoelha implorando clemência e dizendo que ama Sansa, mas sua fala é interrompida pelo corte da adaga feito em sua garganta por Arya.

Cersei encontra Jaime tratando da logística da viagem para o Norte e revela que mentiu. Ela havia combinado com Euron para que ele também mentisse, quando na verdade ele estava indo buscar a Companhia Dourada em Essos. Os mercenários seriam contratados graças ao ouro roubado de Highgarden. Jaime diz que ela o traiu e que vai cumprir com a promessa. Quando tenta sair, é impedido pelo Montanha. Jaime fica atônito e pede que ela dê a ordem. Ela faz um aceno de cabeça e o grandalhão saca a espada. Incrédulo, Jaime sai e parte para o Norte. Começa a nevar em King’s Landing.

Sam chega a Winterfell e se encontra com Bran. O jovem Stark conta a ele a verdade sobre Jon Snow. Sam então se lembra da transcrição lida por Gilly e conta a Bran, que acessa a visão do casamento entre Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark. Ele volta à visão de seu pai com Lyanna, onde ela pede a proteção a seu filho, Aegon Targaryen. Dessa forma, Jon é o legítimo herdeiro do Trono de Ferro.

No navio Targaryen, Jon Snow bate à porta da cabine de Daenerys à noite. Quando ela abre, ele entra. Os dois transam enquanto Tyrion espiona do lado de fora.

O exército dos mortos chega a Eastwatch. O dragão de gelo ataca a Muralha, destruindo a fortificação. A estrutura cede e uma grande passagem se abre. O exército atravessa a Muralha, marchando rumo ao Sul.

Anúncios

RESUMÃO de Game of Thrones – Sexta Temporada

O Norte Se Lembra

Amanhece em Castle Black, Sor Davos encontra o corpo de Jon Snow e com a ajuda de alguns homens, o carrega para uma sala. Edd parte secretamente em busca de apoio dos Selvagens. Numa reunião, Sor Alliser e os outros confessam o assassinato, com a desculpa de proteger a Muralha contra a aliança de Jon com os Selvagens. Em seu quarto, Melisandre tira o colar antes de dormir, revelando ser muito velha.

Alliser dá um ultimato para que Davos e os outros deixem o quarto. Quando o confronto está prestes a acontecer, Edd chega com os Selvagens, entre eles o gigante. Os Patrulheiros se rendem diante da inferioridade de força e os traidores são presos. Davos pede para que Melisandre tente ressucitar Jon Snow. Mesmo incrédula, ela conduz um ritual, mas nada acontece. Os homens deixam a sala tristes, Davos por último. Momentos depois, Jon desperta.

Mais ao sul, Theon e Sansa são encontrados por homens de Ramsay e seus cães farejadores. Brienne e Podrick aparecem e os salvam. Ela faz seu juramento novamente e desta vez Sansa aceita sua proteção. Theon resolve voltar para as Ilhas de Ferro. Em Winterfell, na presença do Lorde Karstark, Ramsay apunhala seu pai ao saber da notícia que seu filho recém-nascido é um menino. Ele leva Walda e o bebê para o canil, onde os cães devoram os dois sob seu comando.

Umber entrega Osha e Rickon a Ramsay, em troca de ajuda contra os Selvagens. Ele mostra a cabeça do Cão Felpudo como prova.

Jaime chega a King’s Landing com o corpo de Myrcella. Tommen proíbe Cersei de comparecer ao Grande Septo de Baelor para o funeral da irmã, alegando falta de segurança. Mais tarde, ele a encontra e pede perdão e ajuda para lidar com o problema da Fé dos Sete. Qyburn reúne os passarinhos de Varys e assume seu comando.

Em Dorne, Ellaria e Tyene matam o príncipe Doran e o comandante Hotah. Obara e Nymeria Sand encontram Trystane e o matam. Ellaria passa a governar Dorne.

Em Meereen, a frota de Daenerys é incendiada. Enquanto isso, Jorah e Daario encontram o anel que ela deixou quando foi levada pelos Dothraki. Ela é levada até Khal Moro e conta que é a viúva de Khal Drogo. Ele diz que ela deve seguir a tradição e ir para Vaes Dothrak, a cidade sagrada dos Dothraki, onde viverá com as outras viúvas dos khals.

Tyrion propõe soltar os dragões. Ele mesmo os visita, sentindo muito medo, mas consegue libertar suas correntes. Varys encontra uma conspiradora e negocia com ela a informação que os mestres de Yunkai e Astapor estão financiando os Filhos da Harpia. Tyrion se reúne com eles e dá um prazo de sete anos para libertar todos os escravos em troca de paz.

A garota desconhecida encontra Arya mendigando e a ataca em uma luta com bastões, e Arya apanha muito. Isso se repete por alguns dias. Jaqen a procura e pergunta seu nome, Arya diz que não tem nome. Ele decide levá-la de volta para a Casa do Preto e Branco.

Bran tem uma visão de Winterfell, com seu pai ainda criança. Lá ele vê que Hodor era uma criança normal, seu nome é Wylis. Em outra visão, Bran vê Ned, Rowland Reed – pai de Jojen e Meera – e alguns homens tentando invadir uma torre à procura de Lyanna Stark, quando são parados por dois soldados Targaryen. Há luta, e apenas Ned e Sor Arthur Dayne restam. Bran comenta com o Corvo que Dayne é um dos maiores espadachins que Ned já viu. Ned é desarmado e derrubado e está prestes a morrer quando Reed, mesmo ferido, apunhala Dayne pelas costas. Por fim, quando Ned corre em direção à torre, Bran grita “pai” e Ned para, parecendo ter ouvido o filho. O Corvo de Três Olhos interrompe a visão e diz que Bran deve aprender tudo com ele antes de partir.

Nas Ilhas de Ferro, Balon Greyjoy é morto por um homem, que o joga da ponte. Theon retorna e apoia Yara para que seja escolhida como governante na assembleia. Euron, irmão de Balon desaparecido há anos, aparece. Ele confessa que foi quem matou o irmão. Em seu discurso, diz que fez um favor a todos, já que Balon não era querido por ninguém. Ele difama Yara e Theon e é aclamado. Enquanto passa por sua cerimônia de posse, os irmãos fogem com os melhores navios. Euron ordena que construam uma nova frota a toque de caixa.

Cega, Arya conclui seu treinamento em combate e Jaqen lhe devolve a visão. Sua nova missão é assassinar uma atriz, Lady Crane. Ela a observa nos espetáculos e se simpatiza com a atriz. Durante uma peça, Arya envenena sua bebida, mas, mais tarde, quando a atriz vai bebê-la, a menina surge e joga o copo no chão. Ela ainda diz a Lady Crane para tomar cuidado com a outra atriz mais jovem, que por ambicionar o papel principal, havia encomendado o assassinato.

Entretanto, a garota desconhecida acompanhava tudo. Jaqen a autoriza a executar Arya. Sabendo de seu provável destino, ela recupera a Agulha e se esconde em uma espécie de beco fechado. Arya contrata um capitão para levá-la para Westeros no dia seguinte. Ela é encontrada pela garota, disfarçada de idosa, que esfaqueia Arya. Ela foge se jogando no rio. Muito ferida, ela se esconde no camarim de Lady Crane, que a leva para sua casa e cuida de seus ferimentos.

Os quatro assassinos de Jon são enforcados. Jon Snow decide deixar a Patrulha. Sansa, Brienne e Podrick chegam a Castle Black. Ela insiste com Jon para que lutem para retomar Winterfell. Brienne conta a Davos e Melisandre que executou Stannis.

No Vale, Littlefinger sugere a Robyn que ataquem Winterfell e ele concorda. Ele retorna ao Norte e se encontra com Sansa, que endurece o tom e recusa sua ajuda, depois que ele deixou que ela se casasse com Ramsay. Ele diz a ela que seu tio, o Black Fish, retomou Correrrio. Ela então pede que Brienne visite o tio e peça apoio. Enquanto isso, ela e Jon viajam pelo Norte para convencer as outras casas a se juntar na guerra contra os Bolton.

Daario e Jorah chegam a Vaes Dothrak, onde Daenerys está com as viúvas. Infiltrados, eles a encontram à noite às escondidas. Ela rejeita uma proposta de fuga dizendo que tem um plano. Mais tarde, ela se reúne com os outros khals sozinha, no templo. Os khals dizem que vão estuprá-la e que ela irá servir a eles. Daenerys diz que ela é que governará, então ela derruba uma pira e o fogo se alastra, incendiando tudo. Com as portas seladas, os khals morrem queimados. Uma multidão cerca o templo quando ela surge do meio das chamas, intacta. Os dothraki se ajoelham diante dela.

Uma nova visão de Bran mostra um Filho da Floresta cravando uma adaga de vidro de dragão no peito de um homem, e ele se torna um White Walker. Ao acordar, ela conta que eles precisavam se proteger de uma guerra contra os homens e por isso os criaram. Depois, Bran tem uma visão sozinho, com o Rei da Noite e seu exército. A criatura pega em seu braço e Bran acorda. O Corvo diz que agora eles sabem de sua localização e pior, podem adentrar a caverna. Os dois entram em transe para que Bran adquira o máximo de seu conhecimento.

Meera sai da caverna e vê o exército de White Walkers chegar. Aos poucos, eles começam a tomar o lugar. Meera grita para que Bran acorde, enquanto ele tem uma visão em Winterfell. Mesmo sem despertar completamente, ele controla Hodor. Na visão, o jovem Wylis parece se conectar também. Verão se sacrifica para que fujam. Em sua visão, Bran vê o Corvo se desvanecer, enquanto um White Walker o executa. Meera, Bran e Hodor passam pela porta de saída e ela grita “segure a porta! (hold the door!)” para Hodor. Wylis cai no chão se debatendo, repetindo “hold the door!”, até sua língua se enrolar e a frase virar “Hodor”. No tempo presente, Hodor se sacrifica segurando os mortos-vivos até que Meera e Bran desapareçam na nevasca.

Jorah mostra a Daenerys que contraiu escamagris. Ele se declara e diz que a ama. Como sua rainha, ela ordena que ele parta em busca de uma cura. Logo depois, ela reencontra Drogon, monta nele e parte rumo a Meereen. Enquanto isso, a cidade está sendo atacada pela frota dos três mestres.

Sam e Gilly chegam a Monte Chifre, lar dos Tarly. A ideia é que ela e o pequeno Sam fiquem lá enquanto ele se torna um Meister. Durante o jantar, ele é humilhado por seu pai. Sam então decide partir no meio da noite para a Citadela, levando Gilly e o bebê, além da espada de seu pai.

Em King’s Landing, Tommen finalmente encontra Margaery, que se converteu à Fé dos Sete. Os Lannister armam uma ofensiva para resgatar a rainha e seu irmão Loras com o apoio do exército dos Tyrell. Jaime cavalga contra os militantes na entrada do Grande Septo de Baelor quando o rei Tommen sai lá de dentro com o Alto Pardal e fala como um convertido. Mais tarde, ele dispensa Jaime da Guarda Real e o envia a Correrrio para que ajude os Frey a retomar a fortaleza, prometida a Walder por trair os Stark.

No cerco a Correrrio, os Frey ameaçam matar Edmure se Black Fish não se render. Ele recusa, sabendo que não cumpririam com a palavra. Jaime chega e assume o comando do cerco. Brienne chega com Podrick, e Jaime a autoriza a negociar com Black Fish a saída pacífica para ajudar Sansa no Norte. Ela entra na fortaleza e mostra o bilhete de Sansa, mas ele permanece irredutível.

Jaime usa Edmure, que vai até à entrada da fortaleza e exige que abram o portão. Como ele é oficialmente o Lorde de Correrrio, os homens permitem que ele entre, mesmo sob os protestos de Black Fish. Ao entrar, Edmure manda prender o tio, mas ele está ajudando Brienne e Podrick a fugir por uma saída secreta. Jaime entra e recebe a notícia de que Black Fish morreu lutando. Do alto da muralha, ele avista Brienne e Pod numa canoa descendo o rio e acena para os dois.

Nas Terras Fluviais, Sandor Clegane, o Cão, aparece trabalhando em um acampamento organizado por um septão chamado Ray, que o resgatou e cuidou de seus ferimentos. Numa tarde, enquanto cortava lenha, os camponeses são massacrados por homens da Irmandade sem Bandeiras. Ele sai em busca deles. Numa estrada, os três estão prestes a ser enforcados por Beric e Thoros por sua insolência. Após a execução, eles convidam Sandor a juntar-se a eles.

A menina Lyanna Mormont é convencida por Davos a lutar pelos Stark. Entretanto, eles têm pouquíssimos homens. O apoio das outras Casas também é pequeno, e várias se recusam a ajudar devido à postura de Jon com relação aos Selvagens. Sansa envia um bilhete a Littlefinger.

Tommen anuncia a data do julgamento de Cersei e decreta que o julgamento por combate está banido. Qyburn comenta com ela sobre a confirmação de um rumor.

Daenerys chega a Meereen e se reúne com os três mestres. Eles querem negociar uma rendição da rainha. Ela diz que eles é que vão se render, quando Drogon surge. Ela monta nele e parte, os outros dois dragões saem das catacumbas e se juntam a eles num ataque feroz às embarcações. Ao mesmo tempo, o exército Dothraki chega e massacra os Filhos da Harpia. Verme Cinzento mata dois dos mestres, e Tyrion diz ao sobrevivente para contar a todos o que aconteceu ali.

Yara e Theon aparecem em Meereen oferecendo sua frota em troca de apoio para que retomem as Ilhas de Ferro. Ela aceita, desde que se curvem a ela quando conquistar Westeros.

Em Braavos, a garota encontra Arya e mata Lady Crane. Ela consegue fugir, mas tem a garota em seu encalço. Na perseguição, ela rola escadaria abaixo e seu ferimento se abre. O rastro de sangue guia a garota desconhecida rumo ao esconderijo de Arya. Quando ela chega, Arya empunha a Agulha e corta a única vela que iluminava o lugar.

Na Casa do Preto e Branco, Jaqen encontra manchas de sangue que o levam até à cabeça da garota no salão das faces. Arya aparece por trás dele e reassume sua identidade, anunciando também que está voltando para casa.

Às vésperas da batalha no Norte, Davos encontra um brinquedo de Shireen junto aos resquícios de uma fogueira. Quando amanhece, os dois exércitos se alinham próximo à fortaleza de Winterfell. Ramsay traz Rickon e assim que o desamarra, manda que ele corra para Jon Snow. Ele sai à galope para resgatar Rickon, que vira alvo de flechas de Ramsay na corrida. Quando Jon estende a mão para pegá-lo, o menino é atingido e morre. A batalha tem início.

O combate é brutal e montes de corpos se formam. Um grupo remanescente dos Bolton cerca Jon e seus homens. Empunhando escudos e lanças, eles vão fechando o círculo e matando aos poucos. Cada vez mais encurralados contra um muro de corpos, eles se empurram e Jon cai, sendo pisoteado e esmagado. Ele consegue escapar da morte por pouco. Todos se preparam para seu fim trágico, quando ouvem o ressoar de uma trombeta. É o exército do Vale. Os cavaleiros atropelam os homens de Ramsay, que foge para a fortaleza. Jon, Tormund e o gigante Selvagem partem atrás dele.

Ramsay crê estar seguro, mas o gigante arrebenta o portão fechado em poucos segundos. Ao entrar, é atingido por dezenas de flechas e acaba morrendo. Ramsay tenta atingir Jon várias vezes, que se defende com um escudo e avança. Ele derruba Ramsay e desfigura seu rosto com muitos socos. Mais tarde, Ramsay está amarrado no canil quando Sansa aparece. Como os cães não comem há semanas, Sansa apenas assiste quando eles devoram Ramsay vivo.

Em King’s Landing, Loras confessa seus pecados diante do Alto Pardal e dos nobres da cidade dentro do Grande Septo de Baelor. Ele ainda renuncia a seus títulos e riqueza. Tommen está pronto para comparecer, quando é barrado na porta de seu quarto pelo Montanha. Enquanto isso, os Passarinhos atraem Pycelle para o laboratório, onde Qyburn o aguarda com várias outras crianças. Elas se juntam e matam Pycelle.

Com Cersei e Tommen ausentes, Lancel vai verificar. Um Passarinho o atrai para o subsolo e o surpreende com uma punhalada. Ferido no chão, ele percebe que o lugar está repleto de barris com fogovivo. Lá em cima, Margaery percebe que algo está errado e tenta sair com os demais, mas as portas estão trancadas. Nesse momento, Cersei vê o Grande Septo explodir. Quando Tommen se dá conta do que aconteceu, ele se joga da janela de seu quarto.

Olenna se encontra com Ellaria em Dorne, forjando uma aliança para se vingar de Cersei. Varys se junta a elas para que sejam aliadas de Daenerys. Qyburn, a nova Mão do Rei, coroa Cersei, sob os olhares de Jaime.

Daenerys pede que Daario assuma o controle de Meereen. Ela nomeia Tyrion como sua Mão. Eles partem juntamente com seu exército, seus dragões e os Greyjoy rumo a Westeros.

Walder Frey está sozinho sendo servido por uma serviçal. Ele pergunta a ela o paradeiro de seus filhos e a moça aponta para uma torta. Ele nota que a torta tem um dedo dentro. A moça revela ser Arya e corta sua garganta.

Bran e Meera são salvos do ataque de alguns White Walkers por seu tio Benjen. Ele agora é um morto-vivo, mas consciente, pois foi salvo por uma Filha da Floresta. Ele conduz os dois até a Muralha, mas não pode prosseguir, pois ela foi construída com magia forte e enquanto estiver de pé, nenhum morto-vivo pode passar. Mais tarde, Bran tem uma visão do jovem Ned dentro da torre. Ele está junto a sua irmã Lyanna, prestes a falecer, deitada em uma cama. Ela pede que ele proteja seu filho, fruto de sua relação com Rhaegar Targaryen. Uma mulher entrega o recém-nascido a Ned. Essa criança é Jon Snow.

No Norte, Davos pressiona Melisandre e ela conta o que aconteceu com Shireen. Jon impede que Davos a execute, mas a expulsa de Winterfell. Littlefinger se encontra com Sansa sob a Árvore-Coração e tenta beijá-la, mas ela o afasta.

Os Stark estão reunidos com os líderes das Casas. Lady Mormont faz um discurso inspirador a favor de Jon. Os lordes que se recusaram a ajudar na batalha pedem perdão e juram lealdade a Jon. Ele é então aclamado por todos como o Rei do Norte.

RESUMÃO de Game of Thrones – Quinta Temporada

Revoltas

Uma lembrança de Cersei quando adolescente mostra ela e uma amiga indo até à casa de uma bruxa, e ela faz três previsões: Cersei se casará com um rei, mas ele terá vinte filhos e ela, três; todos os seus filhos vão morrer; um dia será rainha, mas será arrancada do trono por uma mulher mais jovem e mais bonita.

De volta ao presente, Cersei reprime Jaime por ter libertado Tyrion e o culpa, durante o velório de seu pai. Mais tarde, ela reencontra seu primo Lancel, agora convertido em um Pardal, um militante da Fé dos Sete. Lancel comenta sobre o vinho que foi encarregado de servir ao rei Robert quando ele morreu.

Cersei chama Jaime para mostrar uma estatueta de uma víbora com o colar de Myrcella que recebeu. Ele decide ir a Dorne resgatar Myrcella e leva Bronn com ele. Lá, Ellaria Sand ameaça o príncipe Doran, pois ele não quer vingança contra os Lannister pela morte de Oberyn.

Stannis fala com Jon Snow sobre libertar os Selvagens para que lutem a seu lado na tomada de Winterfell. Para que isso aconteça, Mance Rayder teria que se ajoelhar diante dele – ou será queimado vivo. Jon tenta convencer Mance, mas ele se recusa. Stannis dá prosseguimento e a execução ocorre na frente dos Patrulheiros e de alguns Selvagens. Jon acerta uma flecha de misericórdia no peito de Mance para que ele morra rápido.

Stannis faz uma oferta a Jon: nomeá-lo Jon Stark e Lorde de Winterfell se ele o acompanhar no ataque a Winterfell. Logo depois, acontece a votação para o novo Lorde Comandante. Sam se levanta e sugere que Jon seja candidato. A votação ocorre e ele fica empatado com Sor Alliser. Meister Aemon desempata a favor de Jon.

O novo Lorde Comandante da Patrulha então se recusa a ir com Stannis. Numa reunião, ele designa Janos Slynt como protetor de Grayguard, mas ele se recusa e insulta Jon. Janos é arrastado para fora para ser executado. Mesmo se retratando no último momento, Jon corta sua cabeça.

Tyrion aparece sendo retirado da caixa por Varys. O conselheiro o convida a ir até Meereen conhecer a rainha Daenerys. Lá, um Imaculado é morto por um dos Filhos da Harpia. Hizdahr, filho de um nobre morto e influente na cidade, sugere que as arenas de luta sejam reabertas, pois era uma tradição. Isso poderia melhorar os ânimos do povo, mas Daenerys está relutante.

Um Filho da Harpia é capturado e morto pelo líder dos ex-escravos. Daenerys ordena que ele seja preso e o sentencia de morte. No dia da execução, o povo pede clemência a ela, que ignora e dá a ordem para Daario executá-lo. O povo se revolta, atirando pedras e agredindo os antigos mestres. Daenerys é escoltada de volta até o palácio. À noite, Drogon a visita no topo da pirâmide, mas parte voando logo em seguida.

Em Braavos, Arya chega à Casa do Preto e Branco. Um desconhecido a atende mas a manda embora. Ela se mantém de vigília repetindo os nomes de sua lista, até que desiste e joga a moeda na água. Num beco, ela é cercada por uns rapazes quando o homem desconhecido aparece e lhe mostra a moeda. Eles fogem. Ele revela ser Jaqen, um ninguém, assim como ela também será.

Já dentro da Casa, Arya está impaciente pois se diz pronta para se tornar ninguém e é provocada por uma menina, outra serva. Jaqen aparece e diz que ela ainda é Arya Stark, pois veste suas roupas e carrega sua espada. A menina então decide jogar suas roupas fora no mar, mas opta por esconder a Agulha debaixo de um monte de pedras.

Nas Terras Fluviais, Podrick e Brienne estão em uma estalagem, quando ele vê Littlefinger e Sansa. Brienne vai até ela e fala de seu juramento. Sansa lembra que ela se ajoelhou diante de Joffrey no casamento. Littlefinger diz que ela falhou com Renly, portanto, não é de confiança. Ele tenta pegá-la como refém e eles fogem. Após se livrarem dos cavaleiros do Vale, os dois decidem seguir Sansa. Brienne fala de sua vingança contra Stannis, por causa da sombra que matou Renly com a aparência dele.

Sansa descobre no caminho que Littlefinger está levando-a para Winterfell, para que se case com Ramsay. Ela fica extremamente relutante, mas ele a convence, contando a ela que Stannis tentará tomar Winterfell e depois seguirá para King’s Landing, fazendo com que ela se torne Protetora do Norte.

Margaery e Tommen se casam. Depois da noite de núpcias, ela começa a manipular o jovem rei. No dia seguinte, ele sugere que Cersei volte para Casterly Rock. Na cidade, militantes da Fé dos Sete invadem o bordel de Littlefinger e flagram o Alto Septão. Como punição, ele caminha nu pelas ruas sob os gritos de “pecador”. Ele procura o Pequeno Conselho e pede a execução do Alto Pardal, líder dos militantes. Cersei vai até ele e diz que o Alto Septão foi preso, dando mais poder ao Alto Pardal.

Cersei envia Mace Tyrell (escoltado por Meryn Trant) a Braavos para renegociar as dívidas da Coroa. Ela ainda autoriza os Pardais a realizar uma “caça aos pecadores” de King’s Landing. Nisso, Sor Loras é preso. Atendendo às súplicas de Margaery, Tommen vai até o Alto Pardal, mas é impedido pelos militantes.

Melisandre tenta seduzir Jon Snow para que ele vá para Winterfell, mas ele se lembra de Ygritte. Em seguida, ele liberta Tormund para que este convença os Selvagens a se mover para o Sul e lutar ao lado deles. Tormund concorda, mas com a condição de que Jon vá até Durolar também, como garantia. Eles irão usando barcos de Stannis. Os Patrulheiros ficam indignados com a ideia de permitir que os Selvagens passem pela Muralha. O Meister Aemon morre após Jon e os outros partirem.

Tyrion e Varys entram em um bordel em Volantis, onde está Jorah, que permanece incógnito. Quando o Lannister vai urinar, é raptado por Jorah. No outro dia, Tyrion desvenda tudo sobre ele e sua intenção de levá-lo até Daenerys, na tentativa de obter seu perdão. Eles estão num barco passando por Valyria, quando avistam Drogon voando. Na distração, Homens de Pedra invadem o barco e os atacam. Tyrion cai na água e está sendo puxado para baixo até que perde os sentidos. Quando acorda, está numa praia com Jorah, que o salvou. Ele se afasta e olha seu punho, mostrando que está contaminado com escamagris, por ter sido tocado por um dos Homens de Pedra.

Em Meereen, Verme Cinzento e outros Imaculados são emboscados por Filhos da Harpia. Prestes a morrer, Sor Barristan chega e derrota os inimigos restantes, mas acaba morto. Daenerys prende todos os líderes de famílias nobres e alimenta os dragões com um deles. Depois, numa conversa com Hizdahr, muda de ideia sobre as arenas de luta e sugere que os dois se casem, para estabelecer uma aliança com o povo.

Jaime diz a Bronn que mataria Tyrion se o reencontrasse. Ao chegar em Dorne às escondidas, eles matam alguns guardas numa praia e pegam suas roupas, disfarçando-se. As Serpentes de Areia capturam o capitão que levou Jaime e Bronn, descobrindo seus planos de resgatar Myrcella.

Os dois encontram Myrcella num jardim com o príncipe Trystane. Ela se recusa a ir com eles. Nesse momento, as Serpentes chegam. No meio da luta entre eles, os guardas de Dorne chegam e prendem a todos, com exceção de Jaime.

Em Winterfell, Sansa encontra Reek no canil. Durante um jantar, Ramsay o obriga a pedir desculpas a Sansa por ter matado seus irmãos. Walda, a esposa de Roose Bolton, anuncia que está grávida, causando preocupação a Ramsay.

O casamento entre Sansa e Ramsay acontece, com Reek levando-a até o altar. Mais tarde, no quarto, Ramsay a estupra e ordena que Reek fique assistindo. Os dias passam, ela fica presa no quarto, sendo violentada todas as noites. Sansa pede ajuda a Reek, tentando convencê-lo de que ele ainda é Theon Greyjoy. Ele conta a ela que seus irmãos na verdade estão vivos.

Arya está sendo testada por Jaqen. Para progredir, ela deve aprender a mentir. No templo do Deus de Muitas Faces, uma menina enferma pede ajuda e Arya mente dizendo que ela ficará bem, apenas para confortá-la. Assim que a menina morre, Jaqen leva Arya a um salão onde os Homens Sem Rosto guardam as faces de todas as pessoas que morrem no local.

Tyrion e Jorah são capturados por piratas. Tyrion os convence de que Jorah é um exímio guerreiro, podendo ser útil na arena. Ele ainda os persuade a não ser morto. Posteriormente, eles são vendidos e seu dono os leva até uma pequena arena para lutar. Tyrion está ali apenas como uma espécie de amuleto. Ao descobrir que Daenerys está presente, Jorah sobe até à arena usando um capacete que esconde seu rosto. Ele derrota os outros homens com facilidade e sem matá-los, chamando a atenção dela. Quando se revela, ela está prestes a sentenciá-lo à morte quando Tyrion aparece e se apresenta.

Já na grande pirâmide, Tyrion a convence a não matar Jorah. Ela o expulsa de Meereen mais uma vez. Ela e Tyrion têm uma longa conversa, e ele propõe tornar-se seu conselheiro. Jorah retorna para seu dono e pede para lutar na Grande Arena diante de Daenerys.

Após receber um bilhete de Cersei, Littlefinger volta a King’s Landing. Ele sugere que ataquem Winterfell após a batalha entre Bolton e Stannis. Como prova de lealdade, Cersei quer Sansa morta. Mais tarde, ela comparece ao interrogatório de Loras, e Margaery também é interrogada sobre os atos do irmão. Os dois negam tudo. O Alto Pardal chama o amante de Loras como testemunha, e ele conta a verdade. Loras e Margaery são presos pelos militantes.

No acampamento de Stannis, ele é persuadido por Melisandre a sacrificar sua própria filha para que vençam a batalha em Winterfell. O sangue real da menina agradaria ao Senhor da Luz. Stannis se recusa. No dia seguinte, eles descobrem que quase todos os seus suprimentos e armas foram queimados por um ataque orquestrado por Ramsay e alguns homens durante a noite. Ele ordena então que Davos parta para Castle Black para pedir suporte. Depois que ele parte, Stannis autoriza Melisandre a conduzir o sacrifício. Ao ver a menina gritando enquanto queima na fogueira, Selyse se arrepende e tenta impedir o ritual, mas é segurada por soldados, que assistem a tudo horrorizados.

Gilly e Sam são atacados por outros Patrulheiros e Fantasma os salva. Mais tarde, eles têm sua primeira noite de amor. Enquanto isso, em Durolar, Tormund convence os líderes dos clãs a fazer o acordo com Jon. Ele também oferece a eles vidro de dragão e conta como Sam conseguiu matar um White Walker com isso. Quando estão embarcando, os White Walkers atacam. Jon e os outros partem para defender o portão, quando ele avista quatro cavaleiros no alto de um morro. Jon corre para a cabana onde está o vidro de dragão, quando é atacado por um deles. Jon se defende com a Longclaw, feita de aço valiriano; ela não se quebra no golpe e Jon aproveita para matar a criatura. Eles acabam fugindo e deixando muitos Selvagens para trás. Do barco, Jon vê o Rei da Noite ressucitando todos os que haviam acabado de morrer.

Arya ganhou uma missão: disfarçada de vendedora de ostras, ela deve observar tudo sobre um apostador inescrupuloso. Num desses dias, ela avista a chegada de Mace Tyrell e Meryn Trant, que está na sua lista. Arya os segue o dia todo, até que Meryn entra num bordel. Espionando-o, ela descobre que ele gosta de usar meninas muito novas. No dia seguinte, ele está batendo em três meninas, a fim de escolher uma delas. Há uma que tem o rosto coberto pelos cabelos e que não grita quando apanha. Meryn a escolhe. Quando as outras saem, ela remove sua face: é Arya. Num sobressalto, ela o ataca e o esfaqueia várias vezes no rosto, vingando a morte de seu professor de esgrima, Syrio Forel. Por fim, ela corta sua garganta.

Quando ela retorna à Casa do Preto e Branco, é repreendida por Jaqen, por tirar uma vida que não pertencia a ela. Ele diz que deve pagar ao Deus de Muitas Faces com outra vida, toma um veneno e cai. Arya se desespera e, ao olhar para trás, vê o próprio Jaqen de pé. Ela se volta para o corpo no chão e começa a remover várias faces, até se deparar com sua própria. Sua visão se escurece e ela fica cega.

Cersei vai visitar Margaery na prisão, mas esta não se engana com sua real intenção de humilhá-la. Assim que deixa a cela, o Alto Pardal a acusa devido aos relatos de Lancel e ela também é presa.

Em Dorne, o príncipe Doran autoriza que Myrcella retorne, já que sua segurança lá está comprometida. Ellaria se desculpa pelas Serpentes. Elas e Bronn são libertados. Na despedida, Ellaria dá um beijo em Myrcella antes que embarquem. No navio, ela confessa a Jaime que sabe que ele é seu pai e que se sente feliz por isso. Eles se abraçam. Nesse momento, seu nariz começa a sangrar e ela cai, segurada por Jaime. No pier, Ellaria limpa o batom de sua boca e toma um antídoto.

Na Grande Arena, em Meereen, Daenerys assiste seis homens entrarem em combate, entre eles Sor Jorah. Restam ele e mais um guerreiro, e Jorah mata o homem. Em seguida, ele pega sua lança e se vira para onde está Daenerys, Tyrion, Daario e os demais. Ele arremessa a lança na direção dela. Ela se assusta, mas a lança atinge um Filho da Harpia logo atrás, prestes a assassiná-la. Nessa hora, eles se revelam às centenas dentro do estádio, atacando a todos. Hizdahr é morto. Alguns Imaculados fazem a escolta do grupo para fora, quando são cercados pelos Filhos. Então Drogon surge queimando vários deles, mas é atingido por lanças. Daenerys, para proteger seu dragão, monta nele e desaparece no céu.

Os Selvagens retornam e atravessam a Muralha, sob os olhares indignados e desconfiados dos Patrulheiros. Jon Snow autoriza Sam, Gilly e o bebê a irem para a Citadela, para que ele se torne um Meister. Mais ao sul, Stannis descobre que quase metade de seus homens desertaram. Selyse é encontrada enforcada numa árvore. Melisandre é vista fugindo. Mesmo assim, ele ordena que marchem até Winterfell. Lá, é cercado e massacrado pelos homens de Bolton. Ao final da batalha, ele é encontrado por Brienne, que estava nas redondezas depois de seguir Sansa. Ela faz com que ele confesse o assassinato de Renly e o mata em seguida.

Enquanto a batalha acontecia, Sansa tentava escapar. É impedida por Myranda, amante de Ramsay. Reek aparece e joga a menina do alto da muralha do castelo. Sem saída, ele pega Sansa pela mão e os dois saltam em direção à neve profunda abaixo.

Daario e Jorah partem em busca de achar Daenerys e Varys chega a Meereen. Enquanto isso, Drogon está descansando quando um grande número de Dothrakis surgem. Daenerys deixa um anel no chão e é levada.

Depois de vários dias sofrendo na prisão, Cersei confessa seus pecados, mas se refere apenas ao caso com Lancel. Sua punição é fazer a caminhada da vergonha. Nua, ela percorre as ruas sob os gritos de “vergonha!” e é atingida por lixo pela população, além de ser humilhada e insultada. Ao chegar à Fortaleza Vermelha, é acolhida por Qyburn e chora. Ele revela Montanha reanimado, mas como uma espécie de zumbi. Ele a carrega nos braços até o laboratório.

Na Muralha, Davos tem seu pedido recusado. Quando Melisandre aparece, eles percebem que Stannis foi derrotado e Selyse e Shireen estão mortas. À noite, Olly dá a ele o recado de que um dos Selvagens viu seu tio Benjen. Quando ele sai, um grupo de homens está reunido. Procurando pelo selvagem, Jon afasta o grupo e vê uma placa onde se lê: “traidor”. Ao se virar, é atingido com uma adaga por Alliser. Em seguida, vários fazem o mesmo, até Olly, com todos dizendo “Pela Muralha”. Jon cai morto na neve.

RESUMÃO de Game of Thrones – Quarta Temporada

Queda de Reis

Tywin Lannister manda que Jaime assuma Casterly Rock, mas ele se recusa, permanecendo na Guarda Real para ficar perto de Cersei. Ele ganha uma espada feita de aço valiriano, feita a partir do derretimento da espada de Robb. Oberyn Martell chega com sua companheira, Ellaria Sand, a King’s Landing. É encontrado por Tyrion no bordel no meio de uma confusão com alguns Lannister. Ele fala do seu desejo de vingança contra o Montanha por ele ter estuprado e matado sua irmã Elia, que era esposa de Rhaegar Targaryen. Quando Tyrion retorna, Shae está em seu quarto. Eles discutem, e ela é vista saindo por uma informante de Cersei. Bronn está treinando Jaime em segredo. Tyrion magoa Shae de propósito para que ela vá embora para Pentos. Mais tarde, Bronn diz que ela partiu em um navio. Sansa é procurada por Dontos, um homem cuja vida foi salva por ela das mãos de Joffrey e que agora é seu bobo da corte. Ele entrega a ela um colar como retribuição.

No Norte, Tormund, Ygritte e os outros encontram o grupo de selvagens dos Thenns, conhecidos por serem canibais. O grupo agora maior ataca um vilarejo, matando a todos. Um garoto, Olly, é poupado e enviado a Castle Black para avisá-los. Lá, Jon Snow é julgado por matar Qhorin. Ele conta a todos os planos de Mance Rayder. Meister Aemon decide absolvê-lo. Jon convence que os Patrulheiros rebeldes que tomaram a casa de Craster devem ser mortos, ou poderiam contar aos selvagens que eles são apenas 100 homens, desmentindo a falsa informação que ele deu a Mance. Sam leva Gilly para trabalhar como faxineira no bordel frequentado pelos Corvos.

No Forte do Pavor, Roose Bolton retorna. Ele repreende o filho por manter Theon vivo, mas vê o quanto ele está transformado. Reek conta a ele que não matou os garotos Stark. Yara chega à noite e invade o Forte. Reek está dormindo num canil e, apavorado, se recusa a ir com ela. Ramsay chega com alguns homens. Há luta, e Ramsay ameaça soltar os cães. Yara e seu grupo fogem. No barco, ela diz que seu irmão está morto.

Bran tem uma nova visão com o Corvo de Três Olhos, chamando-o para que o encontre além da Muralha, sob uma árvore-coração.

Arya e o Cão encontram Polliver e outros soldados. Ele ainda está de posse da Agulha. O Cão é reconhecido e depois de uma conversa tensa, eles lutam. Os soldados são mortos e Arya mata Polliver com a própria Agulha. Eles chegam depois a uma fazenda e o Cão rouba o homem e sua filha, para insatisfação de Arya. Eles partem em direção ao Vale, onde o Cão pretende vendê-la a Lysa, sua tia.

Stannis queima vivos aqueles que não creem em sua nova fé, incluindo seu cunhado. Davos tem a ideia de ir ao Banco de Ferro pedir um empréstimo. Ele consegue convencer o banco. Em seguida, contrata Salladhor Saan, o pirata, para reunir seus homens e navios e se juntar ao exército de Stannis.

Joffrey e Margaery se casam. Na comemoração do casamento, uma apresentação bizarra envolvendo anões satiriza a Guerra dos Cinco Reis. Joffrey se diverte e ofende seu tio Tyrion. Após uma troca de ofensas, Joffrey derrama vinho nele e ordena que ele o sirva até o final da festa. Sansa pega a taça caída no chão e entrega a Tyrion, que a enche e devolve a Joffrey. Em seguida, chega o bolo de casamento. Joffrey come um pedaço, se engasga e bebe do vinho. Ele então começa a passar muito mal e cai. Dontos aparece e foge com Sansa. Enquanto está morrendo, ele aponta para Tyrion. Assim que o menino morre nos braços de Cersei, ela ordena que ele seja preso.

Sansa, agora procurada, é levada até o navio onde estava Littlefinger. Ele mata Dontos para silenciá-lo. Ele então revela que foi o responsável pela morte de Joffrey, colocando o veneno numa pedra do colar que Sansa ganhou. Eles partem rumo ao Vale. Em King’s Landing, Olenna conta a Margaery que tramou a morte de Joffrey, o que dá a entender que foi responsável junto com Littlefinger. Ela dá dicas para a neta, e esta visita Tommen à noite, em seu quarto. Mais cedo, no velório de Joffrey, Cersei fica sozinha com Jaime e ele a estupra.

Tywin convida Oberyn para fazer parte do Pequeno Conselho e também ser juiz no julgamento de Tyrion, juntando-se a ele e a Mace Tyrell, pai de Margaery. Na prisão, Podrick revela que tentaram suborná-lo para que matasse Tyrion. Ele ordena que o menino vá embora de King’s Landing, pois corre risco. Jaime dá a espada que ganhou para Brienne, assim como uma armadura. Ela parte à procura de Sansa e Podrick é oferecido como seu escudeiro; ela reluta, mas é convencida por Jaime a levar o garoto com ela.

Daenerys chega a Meereen e eles enviam seu campeão, que deve ser derrotado. Daario se prontifica e o mata em questão de segundos. Ela discursa aos escravos da cidade e, em seguida, barris cheios de grilhões abertos são lançados como símbolo de sua promessa de libertá-los. À noite, os Imaculados invadem a cidade através de um portão secreto, vestidos como escravos. Eles levam armas aos escravos da cidade, que estão reunidos, incitando a revolução. No dia seguinte, a cidade é tomada, e Daenerys se torna a nova governante.

Ao norte da Muralha, o Rei da Noite carrega o último bebê de Craster, transformando-o num White Walker por meio de um ritual. Em Castle Black, Locke se aproxima de Jon Snow. Ele foi enviado por Bolton para achar os garotos Stark e se junta ao grupo que vai atacar a fortaleza de Craster. Bran, Hodor, Jojen e Meera chegam lá e são capturados. Bran revela que é um Stark para que os outros não sejam mortos. Eles são amarrados e colocados em uma cabana nos fundos.

Quando os Patulheiros chegam, Locke faz o reconhecimento sozinho. Ele descobre que Bran está lá e mente aos outros dizendo que devem se afastar dela. Os homens atacam e Jon derrota o líder rebelde com a ajuda de uma das esposas. Enquanto isso, Locke rapta Bran, que entra na mente de Hodor e faz com que ele quebre as correntes que o prendiam; ele os intercepta e mata Locke. Bran pensa em avisar Jon, que está em combate, mas é convencido a ir embora. Fantasma, que estava preso, reencontra Jon. Eles incendeiam a fortaleza Craster e as esposas vão embora.

Tommen é nomeado rei. No Conselho, notícias de Daenerys preocupam. Varys é ordenado a enviar mais informantes. O julgamento de Tyrion começa. Pycelle é uma das testemunhas e diz que encontrou vestígios de veneno na peça do colar de Sansa. As outras testemunhas estão claramente compradas por Cersei e acusam o réu. Pausa no julgamento, e Jaime negocia com Tywin sua ida a Casterly Rock, mediante a sentença de enviar Tyrion para a Muralha. Jaime então informa Tyrion que ele deve confessar. Ele está disposto a aceitar, mas então Shae aparece como testemunha. Ela mente que ouviu ele e Sansa tramando a morte do rei. Revoltado, Tyrion faz uma fala impactante, maldizendo a todos no reino por tratarem-no com indiferença e ódio apenas por ser um anão. Tyrion então solicita um julgamento por combate.

Em Meereen, a Mãe dos Dragões descobre que as outras cidades que conquistara estão sendo perdidas. Depois de passar a noite com Daario, ela tem que lidar com as súplicas dos cidadãos. Um homem perdeu seu rebanho num ataque dos dragões. Outro perdeu seu próprio filho. Dany então decide prender os dragões em um calabouço, mas não encontra Drogon, que permanece livre. Sor Barristan recebe anonimamente o pedido de perdão real concedido a Jorah. Quando Daenerys tem conhecimento, ela o expulsa.

Lorde Baelish e Sansa chegam ao Vale. Lysa comenta com ele sobre ter envenenado o próprio marido e acusado os Lannister de fazê-lo, incitando os Stark a entrarem em conflito com eles. Em outro momento, ele conversa com Sansa e a beija, e a tia dela vê. Lysa chama Sansa no salão principal e tenta jogar a menina pela Porta da Lua, mas Littlefinger impede. Em seguida, ele a empurra. Quando Sansa é chamada pelos lordes do Vale para testemunhar, ela confirma a declaração de Littlefinger de que Lysa teria se suicidado. A atuação dela no depoimento é extremamente convincente.

Arya e o Cão chegam ao Vale, mas o guarda do portão diz que Lysa está morta, o que arranca gargalhadas da menina, que não sabe que Sansa está lá. Não muito longe, Brienne e Pod encontram o amigo dela, Torta Quente, que conta que ela está viva. Podrick diz que Lysa Arryn é a última familiar viva de Sansa e Arya, logo, eles decidem partir para o Vale.

Jaime se recusa a ser o campeão de Tyrion no julgamento. Bronn também, agora que arranjou um casamento. Montanha é o escolhido por Cersei para representá-la. Oberyn, que jurou vingança contra ele, diz a Tyrion que será seu campeão. O combate entre Oberyn e o Montanha acontece. O príncipe consegue derrubá-lo e crava sua lança no peito de Montanha. Enquanto Oberyn grita para que Tywin confesse que deu a ordem a Montanha para que ele matasse Elia, o grandalhão o derruba e esmaga seu crânio.

Reek vai até o Fosso Cailin negociar a rendição dos últimos Greyjoy no Norte. Se portando como Theon, ele os convence. Ramsay descumpre o trato, mata a todos e toma a fortaleza. Lorde Bolton decide dar seu sobrenome a ele.

Os selvagens atacam o bordel e Ygritte poupa Gilly e seu bebê. Ela retorna para a Muralha e é acolhida por Sam. A trombeta de alerta soa, e ele a esconde com o bebê em um depósito, beijando-a antes de sair. Jon Snow avista uma floresta incendiada, o sinal de Mance para que os selvagens ataquem a Muralha. O grupo de Tormund e Ygritte entra pelo portão do lado sul. Sor Alliser, que agora é o Lorde Comandante, é ferido e deixa o combate. Jon Snow, que estava comandando no topo da Muralha, desce para ajudar. Ele liberta Fantasma e parte para o combate. Ele enfrenta o líder dos Thenns, matando-o. Ygritte vê que eles estão lutando e aponta uma flecha. Jon olha com tristeza para ela, que na hesitação, é atingida por uma flecha vinda do menino Olly. Tormund é capturado. Sam vai atrás de Gilly e descobre que Janos Slynt, o capacho de Sor Alliser, estava escondido. No dia seguinte, Jon percebe que será impossível resistir ao cerco, pois este foi apenas o primeiro ataque e o prejuízo foi grande. Ele decide partir sozinho em busca de Mance Rayder para matá-lo.

Ao encontrar o líder dos selvagens, Jon conta da armação para espionar Mance. Ele negocia com Jon a passagem de todos os selvagens pela Muralha, em troca de paz. Mas então ele vê Jon tentando pegar uma faca e percebe que o bastardo foi até lá para matá-lo. Nesse momento, eles são cercados por centenas de cavaleiros, que massacram os selvagens. É o exército de Stannis. Jon pede a ele que o deixe vivo e recomenda que todos os corpos sejam queimados.

Mais ao norte, Bran reconhece a árvore da visão. Eles são atacados por esqueletos que emergem do chão. Jojen é morto. Cercados, eles são salvos por uma criança atirando bolas de fogo, um Filho da Floresta. Eles correm para a caverna sob a árvore; quando os esqueletos cruzam a entrada, eles são despedaçados. Um ancião lá dentro diz que Jojen sabia de seu destino, mas os ajudou mesmo assim. O velho diz que sabe de tudo pois estava vigiando o grupo, esperando por eles.

Em King’s Landing, Montanha está moribundo graças ao veneno que havia na lança de Oberyn. Cersei autoriza Qyburn a fazer um experimento com ele, mas alerta que o guerreiro não será mais o mesmo. Cersei conta a Tywin a verdade sobre ela e Jaime e ameaça contar a todo mundo se for obrigada a se casar com Loras.

Jaime liberta Tyrion à noite e o conduz por um túnel. Atrás de uma porta, Varys está esperando para ajudá-lo a fugir. Eles se despedem com um abraço. Tyrion dá meia volta e entra no quarto de seu pai através de um alçapão. Ele se depara com Shae deitada sozinha em sua cama. Ela se assusta e tenta feri-lo com uma faca, mas ele a domina e a mata estrangulada. Tywin está no banheiro e Tyrion vai até ele com a besta que era de Joffrey. Na discussão, Tywin diz que Shae era apenas uma prostituta e Tyrion lhe ameaça. Quando ele repete, Tyrion o mata. Ele então encontra Varys, que o coloca dentro de uma caixa, despachada para um navio. Varys decide embarcar junto ao ouvir os sinos tocando como alarme.

No Vale, Brienne e Podrick encontram Arya, que é reconhecida por ele. Brienne fala de seu juramento e pede para que vá com eles. Arya se recusa logo após ouvir o Cão dizer que Brienne deve estar aliada aos Lannister, pela espada que carrega. Brienne o ataca ferozmente e acaba jogando o homem de um morro. Arya se esconde, e quando Brienne e Podrick vão embora, ela vai até o Cão. Mortalmente ferido, ele pede que ela o mate. Arya vira as costas e o deixa para morrer. Tempo depois, ela encontra um pequeno cais. Ela tenta comprar o capitão de um navio para que ele a leve para o Norte, mas ele diz que está indo para Braavos. Ela então lhe mostra a moeda que ganhara de Jaqen e diz a ele: valar morghulis. Com isso, ela tem a permissão para embarcar e seguir para Braavos.

RESUMÃO de Game of Thrones – Terceira Temporada

O Casamento Vermelho

Sam Tarly quase é morto por um White Walker, sendo salvo por um ataque de Fantasma e a chegada do Lorde Comandante e seus homens. Mais além, Jon Snow conhece Mance Rayder. Mesmo desconfiado, ele é convencido pelo bastardo que não é mais um corvo e que quer se juntar a ele. Mance ordena que ele, Tormund, Ygritte e outros ataquem Castle Black. Antes de partir, Jon Snow tem sua primeira vez com Ygritte em uma caverna. Ela diz a ele que sabe que ele não se juntou aos selvagens de fato, mas que agora é sua mulher e que será leal a ele.

O restante dos Patrulheiros voltam à casa de Craster. Quando um deles morre lá, alguns corvos se revoltam com o tratamento dado pelo velho. Craster os ofende, e um motim tem início. Um dos rebelados mata o Lorde Comandante. Sam os abandona e foge com Gilly, que havia dado à luz a um menino.

Sor Davos está vivo e é resgatado, retornando para Dragonstone. Ele se revolta com Melisandre e tenta matá-la, sendo preso por Stannis. Shireen, a filha de Stannis, que vive reclusa por sua doença, começa a ensiná-lo a ler. Graças a suas visões, Melisandre deixa as Ilhas de Ferro em busca de Gendry. Stannis tem uma visão no fogo de uma batalha na neve.

Em King’s Landing, Tyrion tem uma conversa com seu pai e é humilhado. Ele se torna o novo Mestre da Moeda e descobre que a Coroa está falida e com muitas dívidas junto ao Banco de Ferro, em Braavos. Margaery tenta ganhar a confiança de Joffrey com suas bajulações, despertando ciúmes em Cersei. Olenna, a avó de Margaery, indaga Sansa sobre o caráter de Joffrey e a menina desabafa. Em seguida, ela se entristece pela partida de Littlefinger, que foi para o Vale se casar com Lysa Arryn e havia conquistado sua confiança. Varys arranja com Olenna um casamento entre ela e Sor Loras, mas a felicidade da jovem Stark dura pouco. Tywin ordena que Tyrion se case com ela e Cersei se case com Loras, fortalecendo sua Casa. Os dois estão insatisfeitos, e numa conversa entre eles, Cersei deixa implícito que Joffrey ordenou seu atentado.

Robb chega com Catelyn e seus homens a Riverrun, para o enterro do pai dela. Ao chegar, tem conhecimento da captura de duas crianças Lannisters por seu tio Edmure Tully, num ato de desobediência. Lorde Karstark invade a cela onde estão os meninos e os mata, como vingança pela morte de seu filho por Jaime Lannister. Robb, ignorando o pedido de sua mãe, o sentencia à morte. Com a moral entre suas tropas em baixa, Robb precisa de homens e, por isso, recorre a Walder Frey, a quem traiu casando-se com Talisa. Edmure é oferecido para casamento em substituição. Frey aceita, e todos partem rumo às Gêmeas para a celebração. No caminho, Talisa conta a Robb que está grávida.

Daenerys chega a Astapor e conhece o exército de oito mil homens dos Imaculados, cujo dono, Kraznys, é cruel e a ofende várias vezes em outra língua. Enquanto caminha pelas ruas, uma menina sorridente lhe entrega uma bola. Um homem surge e ataca a menina. Sem entender nada, a Khaleesi é surpreendida pela bola que se abre revelando um escorpião, mas o homem a salva. A menina se revela ser uma espécie de bruxa e foge. O homem é Sor Barristan, antigo comandante da Guarda Real do rei Robert.

Mais tarde, ela negocia o exército em troca de um dragão e pede que fique com Misandei, a tradutora. No momento da troca, ao ganhar a posse dos Imaculados, ela ordena que eles matem seus mestres. Ela então se dirige a Kraznys em valiriano, revelando que o compreendia o tempo todo. Com o comando Dracarys, o dragão o queima. Os Imaculados agora não são mais escravos, mas seus seguidores. Daenerys e seu exército deixam a cidade.

Nas Terras Fluviais, Brienne continua a conduzir Jaime, que em um determinado momento, tenta fugir. Os dois lutam. Quando ele está praticamente derrotado, Locke e os homens de Lorde Bolton encontram os dois e os capturam. Mais tarde, no acampamento, Jaime convence Locke a não estuprá-la. Ele ainda tenta negociar sua fuga, prometendo que seu pai lhe dará títulos, mas Locke diz que ele não é nada sem o pai e para provar isso, decepa a mão direita de Jaime.

Não muito longe, Arya, Gendry e Torta Quente encontram Thoros de Myr e a Irmandade sem Bandeiras. Numa estalagem, os três estão prestes a partir quando os homens da Irmandade chegam com um prisioneiro, e ele é o Cão de Caça. O Cão reconhece Arya e diz a todos que ela é uma Stark. Todos vão para uma caverna onde está Beric Dondarrion. Ela acusa o Cão de ter matado o menino com quem Joffrey brigara em Kingsroad. Beric concede a Sandor Clegane um julgamento por combate, e uma luta entre os dois se inicia. Sandor acaba matando Beric, que é ressucitado logo em seguida por Thoros, um devoto do Senhor da Luz. Como venceu o julgamento, o Cão é libertado.

No Norte, Theon aparece amarrado e sendo torturado. Ele recebe ajuda de um rapaz e foge. Homens o perseguem e, prestes a ser capturado, é salvo pelo rapaz. Caminhando por um túnel e com a promessa que será encontrado por Yara, Theon confessa ao rapaz que não matou os irmãos Stark. O rapaz o conduz a uma sala, que logo Theon reconhece como sendo a sala de tortura. Apavorado, ele é desmaiado. Quando acorda, duas mulheres o soltam. Elas ficam nuas e brincam com Theon, que a princípio desconfia, mas logo se entrega. O rapaz então entra na sala com dois homens e manda que eles castrem Theon.

Bran conhece Jojen Reed e sua irmã Meera. O garoto diz a Bran que ele é um warg. Ele também tem visões do corvo do três olhos e diz que o corvo vê o passado, o presente e o futuro. Jojen sugere a Bran que eles partam para além da Muralha, em busca do corvo de três olhos. Ele também tem uma visão de Jon Snow lutando ao lado dos selvagens. No caminho, eles chegam a um moinho abandonado e se instalam por lá.

Jon Snow e os selvagens escalam a Muralha. Durante a subida, um acidente acontece e Jon e Ygritte ficam pendurados por uma corda ligada a Orell, o warg. Antes que ele corte a corda, Jon consegue se prender novamente e salva Ygritte. Eles completam a escalada.

Jaime e Brienne são levados até Lorde Bolton, onde são bem tratados. Mestre Qyburn cura seu braço, evitando sua amputação. Bolton liberta Jaime, como um sinal de negociação com Tywin. Jaime promete a Brienne que libertará as garotas Stark. No caminho, Jaime descobre que Brienne será morta e suborna o soldado que o acompanhava para que retornem. Ela está em uma espécie de fosso enfrentando um urso. Jaime se joga e o soldado acerta uma flecha no urso; Jaime a ajuda a subir e consegue sair também antes de ser atacado pelo urso.

Na estrada, Melisandre encontra Beric, Arya e os outros. Ela paga a Irmandade para levar Gendry consigo. Arya, indignada, foge e é capturada pelo Cão, que os seguia. Ele diz a ela que vai levá-la até às Gêmeas, onde Robb e sua mãe estão, e receber um bom dinheiro em troca.

Melisandre chega com Gendry em Dragonstone. Ela conta a ele que ele é filho bastardo de Robert. À noite, ela entra em seu quarto e faz sexo com ele. Em seguida, o amarra e coloca sanguessugas em seu corpo. Stannis entra e as joga no fogo, citando o nome de cada “usurpador” do trono para cada uma: Robb Stark, Balon Greyjoy e Joffrey Baratheon. Stannis ainda liberta Sor Davos, depois que ele promete que não fará mal a Melisandre.

Daenerys chega a Yunkai. Ela demanda que todos os escravos sejam libertados ou invadirá a cidade. Não há negociação, pois os mestres de lá tem um contrato com um exército de mercenários chamado Segundos Filhos. Ela convida seus três capitães para negociar apoio e dá dois dias para que se decidam. Em seu acampamento, os capitães decidem que um sorteio definirá um deles para invadir a tenda da Khaleesi e matá-la. O sorteado é Daario Naharis. À noite, ele a surpreende durante o banho, mas em vez de tentar assassiná-la, ele traz consigo a cabeça dos outros dois capitães. Ele a deseja, e troca seu apoio por isso.

Já ao sul da Muralha, Orell revela a Ygritte que tem sentimentos por ela. Todos chegam a uma fazenda mantida pela Patrulha da Noite para procriação de cavalos. A intenção é roubar os cavalos e matar o dono, mas ele escapa. Na perseguição, eles conseguem pegá-lo bem ao lado do moinho onde estão Bran e os outros. Orell diz que Jon é que deveria executar o fazendeiro. Jon brande a espada, mas desiste. Ygritte lança uma flecha no peito do velho. Os selvagens atacam os dois. Ela é segurada por Tormund e Jon luta com Orell.

Hodor está descontrolado com a tempestade. Bran consegue entrar em sua mente e o põe para dormir. Eles ouvem o barulho dos selvagens lá fora. Jojen diz que Bran pode entrar na mente de Verão, que estava caçando com Cão Felpudo. Bran consegue e vê Jon Snow sendo atacado. Verão e Cão Felpudo atacam os selvagens. Jon mata Orell, encontra um cavalo e foge, deixando Ygritte pra trás. Mais tarde, Bran pede para que Osha leve Rickon para Última Lareira, lar da Casa Umber, aliada dos Stark.

Tyrion e Sansa se casam em King’s Landing. Durante a festa, Joffrey propõe o rito nupcial, onde os noivos são levados pelos convidados para que tenham sua noite de núpcias. Tyrion, embriagado, o ameaça, cravando um punhal na mesa. Tywin diz que não o rito não é necessário. Tyrion e Sansa deixam a festa, e no quarto, ele não consegue se deitar com Sansa. Shae fica feliz quando vê os lençóis limpos no outro dia.

Arya e Sandor Clegane chegam às Gêmeas. Ele rouba um carroceiro que entregaria comida na festa para que cheguem disfarçados. O casamento entre Edmure e Roslin Frey acontece. Durante a festa, Talisa diz a Robb que seu filho se chamará Eddard, como o avô. Walder Frey anuncia o rito nupcial e os noivos deixam a festa, junto com várias pessoas. As portas são fechadas logo após, e Catelyn estranha. Os músicos, que estão no mezanino, começam a tocar “As Chuvas de Castamere”. Logo ela nota que Roose Bolton está vestindo uma malha de aço por baixo da roupa. A música pára. Percebendo o perigo, ela grita o nome de Robb, mas ele é atingido por uma flecha vinda dos músicos. Talisa é esfaqueada na barriga por um homem. Os nortenhos são todos mortos. Escondida embaixo de uma mesa, Catelyn vê a esposa de Walder fazendo o mesmo. Ela se movimenta rapidamente e toma a mulher como refém. Cat implora que Robb seja solto e que fique no lugar dele, ou matará a mulher. Walder Frey não se importa. Robb é apunhalado por Bolton, com saudações dos Lannisters. Catelyn degola a mulher, e em seguida, tem o mesmo fim.

Arya e o Cão são impedidos de entrar. Eles notam uma movimentação estranha. Ela vê que o lobo de Robb está preso. Homens se aproximam com bestas e o matam. Arya quer fazer algo, mas o Cão a desmaia e a leva embora. O acampamento do exército do Norte é atacado e incendiado.

Em King’s Landing, o Pequeno Conselho se reúne. Joffrey está radiante com a notícia da morte dos Stark. Tywin o coloca em seu lugar, mas é destratado. Cersei se retira com Joffrey. Tywin anuncia que Bolton será o Protetor do Norte. Quando todos saem, Tywin e Tyrion têm uma conversa, e Tywin revela que quase jogou Tyrion no mar quando ele nasceu.

Jaime, Brienne e Qyburn chegam a King’s Landing. Jaime encontra Cersei.

Bolton conta a Lorde Frey que Robb havia negociado Theon. Quem está torturando o Greyjoy é Ramsay, o filho bastardo de Bolton. Nas Ilhas de Ferro, Balon recebe uma caixa com o pênis de Theon. Ele se recusa a negociar a soltura dele em troca da retirada de suas tropas do Norte, então Yara decide contrariá-lo e partir em seu resgate.

Ygritte encontra Jon Snow e aponta uma flecha para ele. Ele pede que ela não atire, mas quando se vira, ela o acerta nas costas. Ele monta no cavalo e recebe mais duas flechadas, mas consegue fugir rumo a Castle Black.

Sam e Gilly estão refugiados em uma cabana quando são atacados por um White Walker. A criatura segura a espada de Sam e a quebra. Após derrubá-lo, ataca Gilly para tomar a criança. Sam pega o vidro de dragão e crava em suas costas, destruindo o White Walker. Eles fogem e vão parar no moinho. Sam reconhece Bran e conta a eles sobre uma passagem na Muralha para atravessá-la. Ele também lhes dá o vidro de dragão. Jojen, Meera, Bran e Hodor partem para o norte da Muralha, enquanto Sam e Gilly vão para Castle Black.

Chegando lá, Gilly é acolhida pelo Meister Aemon. Ele pede que enviem todos os corvos a todo mundo para avisar da ameaça dos White Walkers. Jon Snow chega muito ferido.

Stannis revela que Gendry será sacrificado, e Davos se opõe. Ele então ajuda Gendry a fugir. Stannis o sentencia à morte. Nesse momento, Davos, que já havia conseguido ler a mensagem do corvo da Muralha, avisa Stannis sobre a ameaça e que ele é necessário para comandar seu exército rumo ao Norte. Melisandre intercede a Stannis para que poupe a vida de Davos. Ele atende. Amparado por sua visão, Stannis planeja partir para o Norte.

Em Yunkai, Jorah, Daario e Verme Cinzento, o comandante dos Imaculados, invadem a cidade por um portão escondido. O plano é derrotar os senhores de escravos contando com a ajuda dos próprios soldados, já que eles teriam sua liberdade. Ao invadir, eles derrotam alguns guardas, mas em seguida, são cercados por dezenas de homens. No acampamento, Daenerys está preocupada com a demora, quando eles retornam. Os soldados se entregaram. Ela se preocupa com Daario, mas ele aparece logo em seguida, a salvo. No dia seguinte, o povo deixa a cidade e ela os liberta em definitivo. Daenerys é aclamada, carregada nos braços do povo, enquanto eles gritam Mhysa!, que significa “Mãe”.

RESUMÃO de Game of Thrones – Segunda Temporada

Lobos e leões

Após a morte de Ned, Tywin Lannister envia Tyrion a King’s Landing para ser a Mão do Rei. Cersei ordena uma execução generalizada de crianças suspeitas de serem filhos bastardos do rei Robert. Procurando por Gendry, os Capas Douradas chegam ao acampamento onde está Arya, que conhece Jaqen H’ghar preso numa jaula com outros dois homens. Os Capas Douradas são atacados por Yoren, o protetor de Arya, mas ele é morto. Durante o ataque dos soldados, Arya solta Jaqen e os outros dois. Ela mente dizendo que um dos garotos mortos no ataque era Gendry, que já sabe quem ela é de fato. Os sobreviventes são levados às ruínas de Harrenhal.

Theon Greyjoy retorna às Ilhas de Ferro enviado por Robb Stark para formar uma aliança com seu pai. Entretanto, o velho Balon Greyjoy não só recusa prontamente, como ordena que Theon, assim como sua irmã Yara, conquiste o Norte, que está desguarnecido. Theon conquista Winterfell e mata Sor Rodrik. Mais tarde, Osha o distrai fazendo sexo com ele para que consiga fugir com Hodor, Bran e Rickon.

Ao norte da Muralha, a Patrulha da Noite chega à casa de Craster, que possui inúmeras jovens esposas. Elas são tratadas como empregadas e escravas sexuais. Os Patrulheiros descobrem que os selvagens estão sob o comando de Mance Rayder, que já foi um Patrulheiro. Sam conhece Gilly e se apaixona. Jon Snow flagra Craster entregando um filho a um White Walker à noite, na floresta. Ele só cria meninas para que se tornem suas escravas no futuro. Craster o descobre vigiando e expulsa os Patrulheiros de lá.

Na disputa pelo trono, Stannis Baratheon segue as orientações de Melisandre, que diz ter visto a vitória de Stannis através do fogo, guiada pelo Senhor da Luz. Ela seduz Stannis e fica grávida dele. Enquanto isso, o irmão de Stannis, Renly, negocia com Catelyn Stark o apoio a Robb. Renly se casou com Margaery Tyrell, ganhando um numeroso exército. Cat conhece Brienne de Tarth, a cavaleira protetora de Renly. Ela, Renly e Stannis se encontram e este último dá um ultimato a Renly: ele tem até o amanhecer para apoiar Stannis como sucessor do trono. Durante à noite, Melisandre é levada a uma caverna por Sor Davos, e dá à luz a uma criatura sombria. Pela manhã, esta criatura invade a tenda de Renly e o assassina, onde estão Brienne e Catelyn. A criatura desaparece. Catelyn ajuda Brienne a fugir, pois ela seria acusada do assassinato. Brienne então jura lealdade a Lady Stark.

Em King’s Landing, Tyrion diz a Varys, Pycelle e Littlefinger que irá casar Myrcella em busca de alianças. A cada um, ele diz que será com um pretendente: Theon Greyjoy, Trystane Martell e Robyn Arryn e diz que a Rainha não pode saber. Cersei, indignada, procura Tyrion para discutir o envio de Myrcella a Dorne, ou seja, Pycelle havia contado a ela. Com isso, Tyrion descobre que ele não é confiável e o coloca na prisão. Depois, ele descobre o segredo de seu primo Lancel, que está transando com Cersei, e usa isso como moeda de troca para que este conte os planos da Rainha. Dessa forma, ele descobre que os alquimistas estão produzindo fogovivo. Shae se torna criada de Sansa.

Daenerys e seu povo remanescente vagam pelo deserto até chegar em Qarth. A cidade é controlada por um grupo denominado Os Treze. Sua entrada é garantida por Daxos, um deles. Dias depois, ele a pede em casamento, prometendo as riquezas em seu grande cofre, mas ela recusa. Um feiticeiro pertencente aos Treze se apresenta e a convida para ir até à Casa dos Imortais.

Robb Stark derrota os Lannisters em mais uma batalha. Ele conhece Talisa, que está ajudando os feridos. Robb toma conhecimento da tomada de Winterfell, e Lorde Bolton se propõe a enviar seus homens para reconquistá-la. Lá, Theon está caçando os irmãos Stark. Ele exibe os corpos carbonizados das crianças em Winterfell para intimidar o povo. Mestre Luwin avista Osha e a segue. Os Stark estão a salvo, os corpos seriam de órfãos de uma fazenda. Theon, cercado pelos homens de Bolton, tenta engajar os seus, mas é golpeado pelo capitão de seu navio, que fere Luwin em seguida. Mesmo ferido, ele se encontra com as crianças na Árvore-Coração e, antes de morrer, pede que sigam para a Muralha, onde seriam acolhidos por Jon Snow. Com Theon desmaiado, seus homens ateam fogo em Winterfell.

Em Harrenhal, Arya faz sua lista de vingança: Joffrey, Cersei, Ilyn Payne e o Cão. Tywin Lannister chega e faz dela sua copeira. Ela reencontra Jaqen, que agora é um dos guardas. Ele promete a ela tirar três vidas de sua escolha, como retribuição pelos três que ela salvou em Kingsroad. Ela pede que ele mate o torturador de Harrenhal e é atendida. Littlefinger encontra Tywin e quase a reconhece. Um primo de Tywin, Lotch, flagra Arya com um bilhete. Antes que ele chegue à sala de Tywin, Arya gasta o segundo nome, e ele é interceptado por Jaqen. Ela pede que ele mate o Lannister, mas ele não pode fazê-lo tão depressa. Arya nomeia então o próprio Jaqen como a terceira vítima. Para que ela retire seu nome, Arya negocia a fuga dela, de Gendry e de seu amigo. Com a ajuda de Jaqen, eles escapam, e ela o reencontra no outro dia. Ela recebe uma moeda, que deve entregar a qualquer pessoa em Braavos, dizendo “Valar Morghulis”. Se fizer isso, irá reencontrá-lo para passar pelo treinamento dos Homens Sem Face. Ao partir, Jaqen olha para trás, revelando um novo rosto.

Myrcella parte para Dorne e Cersei promete se vingar de Tyrion. Voltando ao palácio, ela, Tyrion, Joffrey e Sansa são atacados pelo povo que se rebela. Sansa se perde e quase é estuprada, mas é salva pelo Cão. No dia seguinte, ela tem sua primeira menstruação, estando assim apta a ter filhos com Joffrey.

No acampamento Stark, Robb se aproxima mais de Talisa. Jaime está encarcerado junto a seu primo, o emissário dos Lannister. Jaime o mata para chamar a atenção do carcereiro, matando-o em seguida. Sua fuga dura pouco tempo, sendo encontrado no dia seguinte. O carcereiro era filho do Lorde Karstark, que quer a cabeça de Jaime. Temerosa por algo acontecer a ele, Catelyn ajuda Jaime a fugir e pede que Brienne o leve até King’s Landing, para que seja trocado por suas filhas. Robb fica indignado e passa a manter sua mãe sob constante vigilância. Ele também decide trair o acordo com Walder Frey e se casa secretamente com Talisa.

Durante um passeio de Daenerys, os dothraki são assassinados e os dragões são raptados. Os membros dos Treze são traídos por Daxos e pelo feiticeiro e são assassinados. Ela descobre que seus dragões estão na Casa dos Imortais. Entrando, Daenerys tem uma ilusão onde conversa com Khal Drogo e seu filho. Logo em seguida, ela é acorrentada num truque do feiticeiro assim que encontra seus dragões. Ao proferir “Dracarys”, os dragões cospem fogo no feiticeiro e o matam. Ela vai então até Daxos e o aprisiona em seu próprio cofre, que na verdade estava vazio. Ela e seu bando saqueiam tudo antes de partir.

Stannis avança com sua esquadra à noite rumo a King’s Landing. Joffrey, Tyrion, Lancel e o Cão estão no campo de batalha. Cersei, Sansa, Shae e outras mulheres se escondem na Fortaleza Vermelha. A esquadra de King’s Landing se resume a um único navio, vazio. Quando Davos percebe que o navio está derramando fogovivo na baía de Água Negra, já é tarde. Bronn dispara uma flecha de fogo no rio fazendo dezenas de navios explodir. Stannis aporta com o restante de seus homens. Lancel é flechado, foge da batalha e vai até Cersei. Ela ordena que ele volte com o rei Joffrey. Tyrion tenta convencê-lo do contrário pela moral dos soldados, mas ele se acovarda e foge. O Cão de Caça vira um desertor. Ao fugir para seus aposentos, Sansa o encontra lá. Ele se oferece para levá-la para Winterfell, mas ela se recusa.

Tyrion faz um discurso inflamado e eles conseguem derrotar um bando de invasores. Mas, logo em seguida, um grupo maior de soldados de Stannis chega. Durante o confronto, Tyrion é atacado por Sor Mandon Moore, sendo salvo por seu escudeiro, Podrick. Ele descobriria mais tarde que ele obedecia uma ordem de Cersei. Tywin Lannister aparece com os Tyrell para derrotar Stannis e suas tropas. Stannis foge e, de volta, culpa Melisandre e tenta estrangulá-la. Ela consegue dissuadi-lo e o convida a observar o fogo em uma pira. Stannis tem uma visão enigmática.

Em troca da lealdade dos Tyrell, Sor Loras pede que Joffrey se case com sua irmã Margaery, agora viúva. Sansa se torna livre dele. Lorde Baelish, que negociou a aliança com os Tyrell, recebe em troca as terras de Harrenhal. Ele oferece proteção a Sansa. Tywin Lannister é agora a nova Mão do Rei.

Os Patrulheiros da Noite seguem ao norte da Muralha, com Qhorin Meia-Mão montando uma equipe de batedores para surpreender Mance Rayder. Jon se oferece para se juntar a eles. Logo eles subjugam um grupo de selvagens, e Jon fica para trás para finalizar Ygritte, mas não consegue. Ele a mantém refém enquanto procura os outros. Ela o provoca à noite se esfregando nele e falando sobre sexo. Já no outro dia, numa tentativa de fuga, Jon a captura, mas eles estão cercados por selvagens. Eles também estão com Qhorin (os outros morreram). Qhorin sussurra com Jon sobre fazer ele se passar por um traidor. Ele provoca uma falsa briga entre os dois e incita Jon a matá-lo com insultos. Enquanto isso, Sam e outros dois estão sozinhos quando encontram vidro de dragão. Mais tarde, eles ouvem a trombeta soar três vezes. Sam fica sozinho na nevasca e se depara com um exército de White Walkers.

 

 

RESUMÃO de Game of Thrones – Primeira Temporada

Começa o jogo

As primeiras cenas de Game of Thrones trazem os White Walkers atacando um grupo de três Patrulheiros do Norte. Um deles consegue fugir e ruma para Winterfell. Apesar do apelo, ninguém lá acredita que tais criaturas existam. O desertor é executado por Ned Stark.

Logo em seguida, os Starks encontram vários filhotes de lobos-gigantes. São cinco lobos, a mesma quantidade de filhos de Ned (Rickon, Bran, Arya, Sansa e Robb). Theon Greyjoy sugere que cada um adote um lobo. Jon Snow, o filho bastardo, não teria direito, mas ele descobre que há mais um, albino, e o adota.

Jon Arryn, a Mão do Rei, morre. O rei Robert chega a Winterfell depois de 9 anos, juntamente com Cersei, Jaime e Joffrey. Seu intuito é levar Ned para ser a nova Mão do Rei. Catelyn Stark recebe uma carta de sua irmã, a viúva de Jon Arryn, dizendo sobre a suspeita de que seu marido fora assassinado.

Em Pentos, Viserys Targaryen entrega sua irmã Daenerys a Khal Drogo, líder dos Dothraki, em troca de um exército para invadir King’s Landing. No casamento, Daenerys recebe três ovos de dragão de presente. Sor Jorah Mormont, que havia sido acusado de traição em Westeros, passa a servi-la. De volta a Winterfell, Bran flagra Cersei e Jaime transando e é empurrado por ele da janela da torre, deixando-o paraplégico.

Ned, Arya e Sansa partem para King’s Landing com a comitiva real. Jon Snow, Benjen Stark (irmão de Ned) e Tyrion se dirigem à Muralha. Bran está em coma; numa noite acontece um incêndio e um assassino invade seu quarto, sendo impedido por Catelyn e seu lobo, Verão, que mata o homem. Ele portava uma fina adaga de aço valiriano. Cat então decide ir a King’s Landing investigar o ataque, temendo também por Ned.

Em Kingsroad, Joffrey provoca um amigo de Arya e ela o defende. Sua loba, Nymeria, ataca Joffrey, mordendo seu braço. Sabendo que algo ruim poderia acontecer com ela, Arya ordena que ela fuja. Cersei sugere que a loba de Sansa, Lady, seja punida no lugar. O próprio Ned se encarrega de sacrificá-la. No instante em que ela morre, Bran acorda.

Daenerys aprende como seduzir e conquistar Khal Drogo e se comportar como uma rainha. Ela também está grávida. Enquanto isso, na Muralha, Benjen Stark parte para a terra selvagem. Sam Tarly chega para se tornar um Patrulheiro.

Já em King’s Landing, Lady Stark se encontra com Ned e Littlefinger, que diz a eles que a adaga pertencia a Tyrion Lannister. Ned procura o Grande Mestre para investigar a morte de Jon Arryn e recebe o livro que ele estava lendo antes de morrer, sobre as linhagens de Westeros. Ned Stark descobre que os filhos de Cersei são, na verdade, filhos de Jaime. Littlefinger o apresenta ao filho bastardo do rei Robert, o aprendiz de ferreiro Gendry.

Catelyn e Sor Rodrik encontram Tyrion retornando da Muralha numa hospedaria próxima a Winterfell e o capturam. Ela decide levá-lo até o Vale, onde está sua irmã, Lysa Arryn. No caminho, são atacados por bandidos, e Tyrion salva a vida de Cat. Eles são ajudados por Bronn, que Tyrion conheceu na hospedaria. Ao chegar ao Vale, Tyrion é mantido preso. Ele então diz que vai confessar seus crimes, mas tudo não passou de um truque. Ele solicita um julgamento por combate e é atendido. Bronn decide ser seu campeão, derrotando o campeão de Lysa Arryn.

Enquanto isso, Robert ordena a seus conselheiros que assassinem Daenerys, ao descobrir que ela está grávida. Ned se recusa e abdica da Mão do Rei. Em seguida, ele vai a um bordel conhecer mais um filho bastardo de Robert. Ao sair, é emboscado por Jaime Lannister e seus homens, pois este descobre que seu irmão está mantido prisioneiro por Lady Stark. Os dois travam um combate. Ned é ferido na perna pela lança de um soldado. Jaime foge para o acampamento dos Lannisters. O rei Robert solicita a Ned Stark que ele fique como Mão do Rei.

Em Winterfell, Bran está tendo sonhos com o Corvo de Três Olhos. Mais tarde, na floresta, ele é atacado por selvagens, sendo salvo por Robb e por Theon. Uma selvagem , Osha, sobrevive e é capturada por eles.

Daenerys cumpre um ritual Dothraki em que come o coração de um cavalo. Viserys, cada dia mais enciumado, a insulta na frente de todos. Ele exige ser tratado como um rei. Khal Drogo diz que vai dar a ele uma coroa dourada de presente. Ele então derrete um colar de ouro e despeja sobre sua cabeça, matando-o. No dia seguinte, um “passarinho” de Lorde Varys entrega a Sor Jorah seu perdão real. É a deixa para que ele traia Daenerys. No entanto, quando um vendedor de vinhos tenta envenená-la, ele o impede. Os Dothraki, em represália pela tentativa de assasinato, saqueiam a cidade. Daenerys salva várias mulheres de serem estupradas, tomando-as como suas camareiras. Entre elas está uma curandeira. A atuação da Khaleesi revolta um dos Dothraki, que se volta contra Khal Drogo. Os dois lutam, com a vitória do último. Porém, ele fica gravemente ferido.

Em King’s Landing, Ned revela a Cersei que sabe de tudo. Ele dá a ela uma chance de fugir com seus filhos antes que o rei Robert volte de uma caçada. Robert é atacado por um javali, depois de tomar o vinho que o primo de Cersei, Lancel, lhe serviu. No leito de morte, o rei deixa um decreto por escrito que ordena que Ned Stark seja o protetor do reino até que Joffrey tenha idade para assumir o reinado. Após a morte de Robert, Ned, Cersei, Joffrey, Littlefinger, Varys e alguns soldados se reúnem na sala do trono. Ned ordena que Cersei e seus filhos sejam expulsos da corte. Ele contava com a ajuda de Littlefinger, que reuniu os Capas Douradas. Neste momento, ele revela sua traição, e todos os homens que estavam com Ned são mortos, e ele é preso. Dias após, Sansa implora a Joffrey por misericórdia e ele diz que poupará a vida de Ned se ele confessar que traiu o reino.

Na Muralha, Jon Snow se torna oficialmente um Patrulheiro da Noite. Sua expectativa é frustrada ao ser escolhido como camareiro do Lorde Comandante Mormont, o pai de Jorah. O cavalo de seu tio Benjen retorna sozinho à Muralha, trazendo um cadáver. Numa noite, Fantasma, o lobo de Jon, fica agitado e corre para a porta dos aposentos do Lorde Comandante. Jon entra e é atacado pelo cadáver, agora um White Walker. Ele ateia fogo na criatura e a mata. Como retribuição, ganha de presente de Lorde Mormont a espada Longclaw, feita de aço valiriano.

Robb Stark reúne o Norte para avançar contra King’s Landing, devido à prisão de seu pai. Para continuar sua investida, suas tropas precisam passar pela Travessia, terra de Walder Frey. Catelyn negocia com este a passagem das tropas, em troca dos casamentos de Arya e Robb com seus filhos. Tyrion já está de volta ao acampamento Lannister e conhece a prostituta Shae. Seu pai, Tywin, ordena um ataque às tropas nortenhas. Entretanto, Robb Stark havia jogado uma isca, deixando que dois mil de seus homens fossem mortos, enquanto ele capturava Jaime Lannister. Após esta batalha, Tywin ordena que Tyrion vá para King’s Landing se tornar a Mão do Rei.

Em meio a tudo isso, Ned Stark é levado ao Septo de Baelor. Ele “confessa” sua traição, mas Joffrey não cumpre sua palavra e Ned é decapitado na frente da multidão, de Sansa e de Arya. Esta última havia sido avistada por Ned minutos antes, que por sua vez pede a Yoren, um Patrulheiro da Noite, para resgatá-la. Ele a leva junto a uma comitiva rumo ao Norte, da qual também faz parte Gendry, o filho bastardo de Robert. E por falar em Norte, na Muralha, Jon Snow tenta fugir para se juntar a Robb, após saber da morte de Ned Stark. Seus companheiros o convencem a ficar. No dia seguinte, o Lorde Comandante coordena uma expedição para além da Muralha.

Khal Drogo está muito doente; sua ferida se tornou uma grave infecção. A curandeira de Daenerys diz que já não pode fazer mais nada para salvá-lo, exceto por um feitiço, onde sua vida seria trocada por outra. Ela usa o sangue do cavalo de Khal no ritual. A Khaleesi é atacada por um dos Dothraki, que discorda das atitudes de Daenerys. Sor Jorah a defende e derrota o homem. Ela entra em trabalho de parto. Ao acordar, descobre que seu filho nasceu morto. Em troca, Khal Drogo sobreviveu, mas ficou em estado vegetativo. A curandeira havia mentido, era tudo uma vingança pelo que os Dothraki fizeram em sua cidade. Daenerys, mais tarde, mata Khal asfixiado, libertando-o. À noite, ela acende uma grande pira onde o corpo dele seria cremado, assim como a curandeira seria queimada viva. Ao lado do corpo do homem estão os três ovos de dragão. Quando as chamas se levantam, Daenerys adentra o fogo. Ao amanhecer, quando as chamas se extinguem, ela se levanta, ao lado de três filhotes de dragão.